O primeiro sistema conhecido de pintura era à base de resina de pinho, obtida através da extração da seiva do pinheiro, misturada com os pigmentos disponíveis à base de minerais, óxido de ferro (ferrugem), negro de fumo (carbono), azul da Prússia (sal mineral desta região) e alguns amarelos e verdes à base de sais de chumbo, zinco e outros minerais. Esta tinta secava por evaporação dos solventes, demorando cerca de uma semana a secar parcialmente. 
Foi apenas nos anos 60 que se desenvolveram as tintas à base de nitrocelulose e de resinas sintéticas. Já os anos 70 ficaram conhecidos pelas tintas acrílicas, sendo estas mais resistentes e proporcionando melhores resultados estéticos.
Todas as tintas criadas até esta época possuíam alguma resistência à intempérie e uma boa resistência à corrosão, no entanto, não possuíam resistência aos solventes. Qualquer álcool e combustível atacava a superfície pintada originando uma mancha de difícil remoção.


Nos anos 80 surgiram as tintas à base de poliuretano. As tintas deixaram de ser curadas apenas por oxidação e evaporação de solventes e passaram a secar também por reação com a adição de um catalisador, proporcionando películas com alta resistência a solventes, a produtos químicos, alta resistência à intempérie e à abrasão.


O Esmalte PU 10-100 é um esmalte de 2 componentes direcionado para a indústria metalomecânica, indicado essencialmente para pintura de máquinas, equipamentos industriais e estruturas metálicas. Inicialmente foi disponibilizado apenas na classe brilhante mas atualmente já está também disponível em meio brilho M/B e Fosco.


O Esmalte PU 10-100 M/B e Fosco possui uma excelente resistência química em ambientes marítimos e industriais, excelente resistência mecânica, flexibilidade, resistência ao choque e à abrasão e uma elevada resistência aos raios UV. 
A aplicação deve ocorrer logo após a preparação da superfície. Ao adicionar o endurecedor à base é necessário homogeneizar durante 5 minutos, com um agitador mecânico e deixar estabilizar durante 5 a 10 minutos para completa libertação do ar retido. A catálise é de 4 / 1 em volume (Esmalte PU 10-100 M/B e Fosco) / (Endurecedor PU 10-200). O Esmalte PU 10-100 M/B e Fosco pode ser aplicado sobre primários epoxídicos, acrílicos, vinílicos, entre outros.

O Esmalte PU 10-100 é comercializado em embalagens de 1; 5 e 20 litros e o Endurecedor PU 10-200 é comercializado em embalagens de 0,5; 2,5 e 10 litros.
A informação contida nesta newsletter não dispensa a consulta da respectiva ficha técnica antes da utilização do produto.


Alda Ferro
DID Metalomecânica